Domingo, Abril 11, 2021
spot_img
InicioDESTAQUEPlano de Transição Digital

Plano de Transição Digital

A capacitação digital dos professores e de outros profissionais de educação deve ser apoiada num programa de capacitação, inserido no Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital da Escola (PADDE) e sempre em articulação com o Centro de Formação de Associação de Escolas.

Esta capacitação dos docentes é fundamental para a integração transversal do digital nas práticas profissionais e pedagógicas, na vida da escola, nas suas rotinas e procedimentos diários, na vida dos alunos, nas suas práticas de aprendizagem e no exercício de cidadania.

Dois quadros de referência norteiam esta formação a desenvolver: o Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores (DigCompEdu, 2018) e o DigCompEdu que descreve competências digitais específicas, propondo 22 competências elementares, organizadas em 6 áreas.

Check-in

Foram já realizadas duas fases de inquérito por questionário de autorreflexão, acerca das práticas pedagógicas de cada docente.

A ferramenta de autodiagnóstico Check-In e de autorreflexão SELFIE, que surgirá mais tarde, permitem identificar a competência digital geral e as competências digitais elementares dos docentes. Processo a partir do qual se definirá percursos formativos em níveis 1, 2 e 3.

As ferramentas de autorreflexão Check-in e o formulário SELFIE, geram relatórios online que permitem apoiar a conceção do PADDE, facilitando o processo de definição das áreas de competência prioritárias. A reflexão sobre os resultados obtidos permitirá conceber ações concretas, que darão corpo ao PADDE.

Embaixador Digital / funções

Desenvolve trabalho articulado entre a DGE, o CFAE em que está e as várias / escolas associadas ao CFAE e assessoria técnico-pedagógica e responsabilidades na organização da formação de docentes na área do digital, numa lógica de resposta às necessidades identificadas pelas escolas;

Dinamiza a formação e acompanha das Equipas de Desenvolvimento Digital (EDD) de cada Escola na elaboração, acompanhamento e implementação dos PADD em estreita ligação à DGE;      

Produz de evidências do trabalho desenvolvido pelos respetivos CFAE e escolas no domínio do Plano de Transição Digital.

Equipa digital

Na elaboração do PADDE, as equipas deverão integrar na sua constituição o diretor do AE/Ena, que a lidera, um professor com larga experiência e conhecimento das infraestruturas tecnológicas do AE/Ena e, ainda, um professor pertencente às lideranças intermédias do AE/Ena com capacidade trabalho colaborativo, de mobilização juntos dos pares, com larga experiência de utilização do digital no processo de ensino e aprendizagem e na participação em projetos nacionais e internacionais.

Estes três elementos, participarão num curso de formação, dinamizado pelo Embaixador Digital agregado ao respetivo CFAE.

Para além destes três elementos, as EDD poderão integrar outros elementos, a definir de acordo com cada contexto específico.  Recomenda-se que estas equipas incluam na sua constituição docentes que, no diagnóstico Check-In, ficaram posicionados no nível 3 de proficiência digital.

Estes docentes colaborarão, nos seus AE/Ena, no processo de conceção, implementação, acompanhamento, avaliação e reformulação do PADDE.

PADDE – Plano de ação para o desenvolvimento digital das escolas.

 Formação  PADDE

Instrumento orientador e facilitador da adaptação e implementação das tecnologias digitais nos processos de ensino e de aprendizagem. Pretende, ainda, apoiar as escolas a refletir e definir estratégias que permitam a exploração do potencial do digital integrando-o de forma holística na organização.

Formação Professores –  níveis 1, 2, e 3 a iniciar em abril.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -spot_img

Mais Popular

X